TSE terá centro de combate às fake news e ao discurso de ódio nas eleições

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Para monitorar notícias falsas, discursos de ódio e punir seus criadores durante as eleições municipais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai inaugurar nesta terça-feira o chamado Centro Integrado de Enfrentamento à Desinformação e Defesa da Democracia. A ideia é promover a cooperação entre a Justiça Eleitoral, órgãos públicos e entidades privadas, especialmente as plataformas de redes sociais e de mensagem. Entre os objetivos do novo órgão está o cumprimento de regras sobre a propaganda eleitoral, pesquisas de intenção de voto e uso de inteligência artificial. O centro que será presidido pelo ministro Alexandre de Moraes e terá o apoio da Procuradoria-Geral da República, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). (Carta Capital)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.