Brumadinho: Justiça extingue ação criminal contra ex-presidente da Vale

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Justiça Federal extinguiu a ação criminal contra Fábio Schvartsman, ex-presidente da Vale, relativa ao rompimento da barragem de Brumadinho, em 2019, quando morreram 272 pessoas. Para os desembargadores da Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 6ª Região (TRF-6), a promotoria não apresentou “indícios mínimos” de autoria de crime por parte do executivo. Outras 15 pessoas seguem sendo processadas pro homicídio qualificado e crime ambiental. Pela decisão, uma nova denúncia contra Schvartsman, desde que acompanhada por outras provas. (g1)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.