Moraes retira sigilo de depoimentos sobre tentativa de golpe

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes retirou o sigilo sobre os depoimentos tomados pela Polícia Federal na investigação sobre o suposto planejamento de um golpe de Estado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus auxiliares. A decisão foi motivada pelo vazamento pela imprensa de trechos das oitivas, em particular do general Marco Antônio Freire Gomes, ex-comandante do Exército, e do brigadeiro Carlos Almeida Baptista Júnior, que ocupava o comando da FAB. A maior parte dos depoentes, a começar por Bolsonaro, usou o direito de ficar em silêncio para não se incriminar. Os depoimentos do tenente-coronel Mauro Cid, que fez um acordo de delação premiada, não estão entre os liberados. (UOL)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.