Equipe liderada por brasileiro faz 1º transplante de rim de porco para humano vivo

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O primeiro rim de porco geneticamente modificado transplantado para um paciente humano vivo foi realizado nos Estados Unidos e teve o comando do médico brasileiro Leonardo Riella. Essa é a primeira vez que o procedimento é realizado em um paciente vivo. Em 2021, uma equipe de um hospital em Nova York havia realizado a cirurgia em uma pessoa com morte cerebral atestada. Segundo anúncio feito pelo Massachussets General Hospital nesta quinta-feira, o paciente é um homem de 62 anos com doença renal grave que fazia diálise havia sete anos. Ele se recupera bem, após passar por cirurgia de quatro horas. O animal foi escolhido por ter um órgão similar ao dos humanos e o processo genético é feito para retirar genes suínos que o corpo do receptor pode rejeitar, além de adicionar outros genes que facilitam a compatibilidade e eliminar os riscos de infecção. (g1)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.