Pela 1ª vez, índice de matriculados no Fundamental fica abaixo da meta do PNE no Brasil

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Dados da Pnad Educação divulgados nesta sexta-feira mostram que o Brasil retrocedeu no índice de matriculados no Ensino Fundamental em 2023. Pela primeira vez desde 2016, o índice de alunos entre seis e 14 anos foi de 94,6%, abaixo da meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação (PNE), de manter um patamar mínimo de 95% até 2024. Os microdados apontam que saltou de 11% em 2019 para 29% no ano passado o número de crianças que já deveriam estar nesta etapa de ensino, mas ainda estavam na pré-escola. O relatório do IBGE também revela que o país tem 9,3 milhões de analfabetos com 15 anos ou mais, equivalente a 5,4% da população. Outros 9,6 milhões de jovens de 15 a 29 anos não estudavam nem trabalhavam em 2023. Já o percentual de pessoas com ao menos 25 anos com Ensino Médio completo subiu de 29,9% em 2022 para 30,6% no ano seguinte. (g1)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.