Governo anuncia atualização e melhorias de acesso do Celular Seguro

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O governo federal, por meio do Ministério da Justiça, fez uma atualização no programa Celular Seguro. A partir de agora, o usuário precisa informar apenas dados básicos, como número de telefone, nome da operadora e marca do aparelho. O objetivo é tornar o sistema mais simples e os alertas mais efetivos. Dessa forma, não será mais necessário incluir o modelo do aparelho e o IMEI do dispositivo, por exemplo. Além disso, o usuário tem até quinze dias para notificar perda ou roubo pelo aplicativo. E, ainda, vai poder escolher quais dados vão ser bloqueados no telefone. O serviço está disponível há três meses para a população para inibir furtos e roubos de smartphones. (g1)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.