Líder político do Hamas denuncia morte de 3 filhos em ataque israelense

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O líder político do Hamas, Ismail Haniyeh, afirmou nesta quarta-feira em entrevista à rede Al Jazeera que um ataque israelense no norte de Gaza matou três de seus filhos. Haniyeh, que vive no Catar, disse que Hazem, Amir e Mohammad foram mortos junto a vários dos seus netos. Segundo o chefe do Hamas, eles foram alvejados quando visitavam parentes durante o feriado muçulmano de Eid al-Fitr no campo de refugiados de Shati. Ainda de acordo com Haniyeh, 60 membros de sua família, incluindo sobrinhas e sobrinhos, teriam sido mortos desde o início da guerra, em outubro. Os militares israelenses admitiram o ataque aos três filhos de Haniyeh, descrevendo-os como agentes militares do Hamas que se dirigiam para “realizar atividades terroristas na área central da Faixa de Gaza”. A declaração israelense não fez menção aos netos. (Al Jazeera)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.