Presidente da Petrobras descarta aumento de preços dos combustíveis

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Embora o preço da gasolina esteja defasado em relação ao mercado internacional, a Petrobras não pretende mexer no preço do combustível neste momento, segundo o presidente da companhia, Jean Paul Prates. Segundo ele, a estatal segue acompanhando o mercado, que vem apresentando grande volatividade em meio aos conflitos no Oriente Médio que pressionam o preço do Petróleo. “Estamos avaliando as condições todas de mercado. Não há razão nenhuma para aumento agora. Não está sendo avaliado (aumento para as próximas semanas). Estamos monitorando o cenário internacional”, disse o executivo durante um evento no Rio de Janeiro. O último movimento de preços feito pela Petrobras ocorreu em outubro do ano passado, quando a estatal reduziu o valor da gasolina nas refinarias. (O Globo)

PUBLICIDADE

Sobre os dividendos extraordinários da Petrobras, Prates disse que a decisão final de distribuição de R$ 43,9 bilhões será do governo. Ele ressaltou ainda que o tema não está na pauta de reunião do Conselho de Administração da estatal, marcada para essa sexta-feira. No entanto, os acionistas da empresa devem bater o martelo sobre o assunto em assembleia na próxima semana. (Folha)

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

R$15

Mensal

R$150

Anual(economize dois meses)

Mas espere, tem mais!

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: Força bruta
Edição de Sábado: A primeira vítima
Edição de Sábado: Depois da tempestade
Edição de Sábado: Nossa Senhora de Copacabana
Edição de Sábado: O jogo duplo de Pacheco

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)