‘Intervenção no câmbio só quando há disfuncionalidade’, diz presidente do BC

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Em evento em Washington (EUA), o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, destacou a necessidade de atuar no mercado de câmbio apenas quando há uma disfuncionalidade, como uma lacuna de liquidez, um erro de precificação ou a maturidade de algo grande chegando. “Fora isso, acho que o que você faz é criar mais distorção do que você é capaz de corrigir”, disse. “Se você não intervir, você pode criar uma disfunção porque você começa a ter um crescimento e pode ter uma corrida. Se você não intervir de maneira nenhuma, é um erro. Se intervir muito, também é um erro. O que se faz é apagar a capacidade do ativo para ser hedge e quando você faz isso, as pessoas procuram por outros ativos para hedge.” (Valor)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

R$15

Mensal

R$150

Anual(economize dois meses)

Mas espere, tem mais!

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: Força bruta
Edição de Sábado: A primeira vítima
Edição de Sábado: Depois da tempestade
Edição de Sábado: Nossa Senhora de Copacabana
Edição de Sábado: O jogo duplo de Pacheco

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)