Governo destina mais 12 bi para o RS e recursos emergenciais já somam 60 bi

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O governo federal publicou no sábado uma medida provisória que abre crédito extraordinário de R$ 12 bilhões para ações de enfrentamento dos efeitos das cheias no Rio Grande do Sul. Os recursos devem ser destinados à compra de medicamentos e a contratação temporária de profissionais de saúde.

PUBLICIDADE

O valor contempla diferentes medidas anunciadas durante a semana, como a importação de arroz, o pagamento de parcelas extras do seguro-desemprego, além de aportes em fundos de crédito, como o Pronampe, para micro e pequenas empresas. Também devem ser destinados à reconstrução de parte da infraestrutura rodoviária, para ações da Defesa Civil e para o pagamento de atendimentos emergenciais da Força Nacional, da PF (Polícia Federal) e da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Com a medida, os recursos destinados ao estado somam R$ 60 bilhões. Esses recursos são emergenciais. O governo ainda não tem uma estimativa do quanto terá que enviar para a recuperação dos municípios atingidos pela enxente. A dimensão só ocorrerá em um segundo momento, quando for possível contabilizar os estragos.

Para os próximos dias, o governo pretende editar novas medidas destinando recursos para o estado. Segundo o governo, haverá recursos também para linhas de crédito para os municípios. “Esse é um dos primeiros passos para fazer com que os recursos cheguem o quanto antes aos governos municipais e estadual, mas também para as pessoas, para o comércio, para as empresas”, disse o ministro da Casa Civil, Rui Costa, que coordena a sala de situação que define as ações de enfrentamento dos efeitos da cheia. (Folha)

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.