Rio Grande do Sul vai construir cidades provisórias para acolher desabrigados

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Para acolher as vítimas das enchentes, o governo do Rio Grande do Sul pretende construir quatro cidades provisórias. O vice-governador Gabriel Souza (MDB) afirmou ontem que os locais estudados estão em Porto Alegre, Guaíba, Canoas e São Leopoldo, que reúnem o maior número de desabrigados. Confira neste episódio.

PUBLICIDADE

Acompanhe nossa playlist Um Som No Pé do Ouvido.

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.