Chuvas voltam a castigar Porto Alegre, que vive nova apreensão

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

As chuvas que castigam o Rio Grande do Sul desde o final de abril voltaram com força a Porto Alegre, deixando ruas e avenidas alagadas em diversos bairros e alimentando o medo de novas mortes. Em 15 horas, o volume de águas que caíram na capital gaúcha foi de mais de 100 milímetros, segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). Apesar do impacto do temporal, o prefeito Sebastião Melo (MDB) disse não ter sido pego de surpresa, mas que “a quantidade de chuva foi excessivamente forte”.

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.