Dívida bruta sobe a 76% do PIB em abril

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A dívida bruta do Brasil avançou em abril, quando o setor público consolidado apresentou superávit primário mais fraco do que o esperado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central. A dívida pública bruta como proporção do PIB ficou em 76% — maior resultado para abril desde 2022 (76,3%). Em março, ficou em 75,7%. Já a dívida líquida chegou a 61,2%, maior taxa desde dezembro de 2020 (61,4%). Em abril, o setor público consolidado registrou superávit primário de R$ 6,688 bilhões, bem abaixo da expectativa de economistas, de R$ 14,8 bilhões. O desempenho mostra que o governo central teve superávit de R$ 8,762 bilhões, enquanto estados e municípios registraram déficit primário de R$ 1,377 bilhão e estatais tiveram saldo negativo de R$ 698 milhões. (Folha)

PUBLICIDADE

Já a Dívida Pública Federal (DPF) avançou 0,99% em abril, com o estoque alcançando R$ 6,703 trilhões. A dívida pública mobiliária federal interna (DPMFi) cresceu em 0,97% e passou de R$ 6,361 trilhões para R$ 6,423 trilhões. Já o estoque da Dívida Pública Federal Externa (DPFe) cresceu 1,37% frente a março, a R$ 280,51 bilhões (US$ 54,24 bilhões), segundo dados da Secretaria do Tesouro Nacional. (CNN Brasil)

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: 'O identitarismo promove uma sociedade conflituosa e hostil'
Edição de Sábado: Biden e a sombra de 1968
Edição de Sábado: Descriminalizou, e agora?
Edição de Sábado: Em nome delas
Edição de Sábado: Nova era dos extremos

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)