Acionistas da Tesla aprovam pagamento de US$ 56 bi a Elon Musk

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Os acionistas da Tesla aprovaram a remuneração de US$ 56 bilhões ao CEO Elon Musk, informou a própria companhia nesta quinta-feira. O pagamento bilionário, o maior da história corporativa dos Estados Unidos, foi aprovado em 2018, mas uma juíza do estado de Delaware o bloqueou sob justificativa de que o bônus “não representaria os interesses” dos acionistas. Musk ainda pode travar batalhas judiciais para receber o dinheiro, agora avaliado em US$ 38 bilhões. A companhia não revelou quantos acionistas votaram a favor ou contra as medidas. Há seis anos, 73% do conselho votou a favor do pagamento ao CEO. O conselho também votou a favor da mudança da sede legal da empresa de Delaware para o Texas, uma reação à determinação judicial contra a remuneração de Musk. (Yahoo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: 'O identitarismo promove uma sociedade conflituosa e hostil'
Edição de Sábado: Biden e a sombra de 1968
Edição de Sábado: Descriminalizou, e agora?
Edição de Sábado: Em nome delas
Edição de Sábado: Nova era dos extremos

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)