Operadora de Starbucks e Subway no Brasil pede recuperação judicial

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Southrock, que comanda a operação no Brasil como licenciadora ou franqueadora de Starbucks, Subway e TGI Fridays, e que negociou recentemente a compra de fatia no Eataly, pediu recuperação judicial. O crescimento rápido, a pandemia, os juros altos e algumas decisões estratégicas levaram a uma escalada da dívida da empresa, que buscava um sócio para ganhar fôlego financeiro. Segundo documento protocolado pelo escritório Thomaz Bastos, Waisberg, Kurzweil Advogados no Tribunal de Justiça de São Paulo, a dívida da empresa é de R$ 1,8 bilhão. Em nota, a empresa disse que “entra em uma nova fase de desafios, que exige a reestruturação de seus negócios para continuar protegendo as marcas das quais tem orgulho de representar no Brasil, os seus colaboradores, consumidores e as operações de suas lojas”. (Pipeline)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: 'O identitarismo promove uma sociedade conflituosa e hostil'
Edição de Sábado: Biden e a sombra de 1968
Edição de Sábado: Descriminalizou, e agora?
Edição de Sábado: Em nome delas
Edição de Sábado: Nova era dos extremos

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)