Mariliz Pereira Jorge

Colunista do Meio. Jornalista, roteirista, colunista na Folha de S.Paulo e comentarista no UOL. Passou pela Editora Abril, TV Globo, Rádio Globo, MyNews, além de trabalhos no GNT, Canal Viva e Globoplay. Escreve sobre atualidades, feminismo, comportamento, sexo e política, mas gosta mesmo é de viajar, tomar cerveja e bater papo.

Moraes dança a música de Musk

Elon Musk é um sujeito passivo-agressivo, narcisista, mas foi infinitamente mais inteligente ao jogar uma isca manjada nas redes sociais, a provocação, mordida em pleno domingo por um dos ministros do Supremo Tribunal Federal brasileiro, Alexandre de Moraes. A regra não escrita na etiqueta do X (ex-Twitter) para lidar com haters, biscoiteros e desocupados é simples: ignore.

Confronto entre Elon Musk e Alexandre de Moraes pode agilizar julgamento sobre redes

Os ataques de Elon Musk às instituições brasileiras, na figura de Alexandre de Moraes, já lhe renderam uma participação especial no inquérito das milícias digitais. No #MesaDoMeio desta terça (9), Mariliz Pereira Jorge, Flávia Tavares e Christian Lynch debatem até onde vão os poderes do bilionário dono de rede social em relação aos Estados onde operam suas plataformas, e, também, quais interesses o empurram para uma celeuma com o ministro do STF que encarnou em si a defesa da Democracia nas últimas eleições. O trio comenta, ainda, o documento emitido pelo Vaticano com condenações a práticas como aborto e barriga de aluguel e a nova onda entre os jovens: a agamia.

O filho de Lula e as feministas

Na denúncia que envolve o filho do presidente, está todo mundo errado. A direita oportunista que usa o episódio politicamente. A esquerda, feministas, parlamentares e artistas que se calam quando o assunto respinga em seus aliados.

Supremo forma maioria contra tese sobre artigo 142

Mote de diversas manifestações golpistas, que pediam por "intervenção militar constitucional" com base no artigo 142 da Constituição, a tese do "poder moderador" foi derrubada pela Suprema Corte, que formou maioria contrária à interpretação de que as Forças Armadas tutelam o poder civil. No #MesaDoMeio desta terça (2), Pedro Doria, Mariliz Pereira Jorge e Christian Lynch analisam o julgamento e as interpretações que levaram muita gente às ruas em busca de uma ruptura democrática. O trio também se debruça sobre o julgamento que pode levar à cassação do senador Sergio Moro (União-PR) por abuso de poder econômico.

Refúgio em embaixada da Hungria; as últimas do caso Marielle; Vini Jr. e o racismo

No #MesaDoMeio desta terça (26), Pedro Doria, Mariliz Pereira Jorge e Christian Lynch debatem a estadia de Jair Bolsonaro na embaixada húngara, revelada pelo New York Times, logo após a apreensão de seus passaportes pela Polícia Federal a mando do Supremo. O ex-presidente alega que esteve lá para "manter contato" com autoridades do país europeu, mas o STF, enxerga uma possível intenção de fuga do líder da extrema direita em meio às investigações da tentativa de golpe de Estado pós-eleições. O trio tambem se debruça sobre o caso Marielle Franco, cujo desfecho se mostra mais próximo com a prisão dos irmãos Brazão, indicados como mandantes do crime pelo matador de aluguel Ronnie Lessa, além do racismo enfrentado por Vinicius Jr. e a espetacularização de manifestações discriminatórias.

E se você fosse amigo de Daniel Alves?

Que tipo de gente se oferece para pagar a fiança de um sujeito condenado por estupro? Estou falando, claro, do caso do jogador Daniel Alves. Mas a reposta não é tão simples.

Ex-presidente é acusado de fraude em cartão de vacina

Após concluir a investigação sobre os registros de imunização fraudulentos do ex-presidente Jair Bolsonaro, a Polícia Federal o indiciou junto a outras 16 pessoas - incluindo seu ex-auxiliar Mauro Cid, a quem Bolsonaro pediu a falsificação, segundo a PF. No #MesaDoMeio desta terça (19), Pedro Doria, Mariliz Pereira Jorge e Christian Lynch discutem o futuro do último chefe do Executivo, além de se debruçarem sobre o que o atual presidente, Lula, está pensando e fazendo sobre seu governo e a queda acentuada de popularidade que o atingiu.

Mulheres que envergonham mulheres

Quem precisa de sororidade quando se pode ter uma competição interminável por poder, atenção e aprovação?

Extrema direita ganha terreno em meio a polêmicas do governo Lula

Com a maior bancada da Câmara, o PL garantiu o comando de três comissões da maior importância no funcionamento da Casa. Caroline de Toni, Nikolas Ferreira e Alberto Fraga, próceres do bolsonarismo, já começaram a pautar projetos da oposição nas suas respectivas comissões. No #MesadoMeio desta terça (12), Pedro Doria, Mariliz Pereira Jorge e Wilson Gomes comentam o que representa esse avanço da extrema direita para o Parlamento brasileiro, além das consequências às quais o país pode se submeter com a nova configuração da Casa. O trio comenta também as polêmicas em torno da distribuição de lucros da Petrobras e da ingerência do governo sobre a Vale, além do sumiço da princesa Kate.

O feminismo precisa dos homens

O meu apelo no Dia Internacional da Mulher é que você, homem, abrace o feminismo. Ninguém muda valores arraigados em uma sociedade apenas porque quer ou porque acredita. Então, não adianta apenas as mulheres terem consciência de seus direitos, se não tiverem do outro lado um interlocutor que os reconheça.