Meryl Streep: estrela do cinema faz 75 anos

A atriz norte americana Meryl Streep, considerada uma das melhores atrizes da história de Hollywood, completa 75 anos neste sábado (22). Meryl construiu uma carreira de estrondoso sucesso nas telas com filmes que marcaram gerações. Tida como uma atriz técnica, Meryl se destacou pelo domínio de diferentes sotaques: do australiano ao dinamarquês. Além da atuação, a crítica destaca a beleza incomum da atriz, ressaltada pelo nariz um pouco longo. Nascida Mary Louise Streep a 22 de junho de 1949 em Summit, Nova Jersey, Meryl tem quatro filhos (o músico Henry Wolfe e as atrizes Mamie Gummer, Grace Gummer e Louisa Jacobson), três Oscars, dois Baftas, uma Palma de Ouro competitiva e uma honorária, nove Globos de Ouro, três Emmys e dois SAGs. Diversos portais de notícias comemoraram o aniversário da atriz montando listas com seus trabalhos mais icônicos e filmes disponíveis nos streamings. (CinePop, Folha, Estadão e Guia da Semana)

Garotinho apela ao STF contra condenação para disputar próximas eleições no Rio

Com o objetivo de disputar as eleições no Rio de Janeiro ainda neste ano, o ex-governador Anthony Garotinho acionou o STF para suspender os efeitos de sua recente condenação pelo TSE. Em 29 de maio, Garotinho foi considerado culpado por crimes de corrupção eleitoral, associação criminosa, supressão de documento e coação de testemunhas nas eleições municipais de 2016, recebendo pena de 13 anos e 9 meses de prisão, multa e inelegibilidade. A condenação decorre da “Operação Chequinho”, que investigou compra de votos em Campos dos Goytacazes, onde ele era secretário de governo e sua esposa, Rosinha Garotinho, prefeita. Atualmente, seu filho Wladimir Garotinho é o prefeito. A defesa de Garotinho alega que as provas usadas contra ele são ilícitas, pois não houve perícia nos arquivos apreendidos. Além disso, os advogados do político pedem a suspensão da condenação para permitir sua candidatura e anulação das provas, com reavaliação do caso pela Justiça Eleitoral do Rio. O habeas corpus será analisado pelo ministro Cristiano Zanin. (Metrópoles)

Médico brasileiro é acusado na Namíbia por acidente de trânsito com nove mortos

O cirurgião plástico brasileiro Charles de Sá, único sobrevivente de um acidente de trânsito na Namíbia que matou nove pessoas, incluindo sua esposa, a também médica Natale Gontijo de Amorim, foi indiciado por homicídio culposo e condução imprudente. A colisão frontal ocorreu na última terça-feira (18), durante um safári, três dias após o casal chegar ao país. As autoridades namibianas alegam que o médico foi imprudente ao dirigir um Toyota Fortuner por uma rodovia na região de Otjozondjupa quando, ao fazer uma ultrapassagem, atingiu outro veículo que trafegava no sentido oposto. Seis homens e duas mulheres, incluindo duas crianças, que estavam a bordo desse segundo carro morreram no local do acidente. Uma criança de 3 anos foi a única sobrevivente desse veículo e foi internada “em condições críticas” em um hospital particular de Windhoek. Sá, de 59 anos, está internado em um hospital de Otjiwarongo, e sua primeira audiência está marcada para a próxima quinta (27). A Embaixada do Brasil acompanha o caso e está em contato com as autoridades locais e os familiares, e o Itamaraty declarou que um funcionário foi enviado para o país africano para prestar assistência consular. (Folha)

Meta enfrenta acusações de viciar jovens em Facebook e Instagram

Tribunais estaduais dos Estados Unidos alegam que a Meta, controladora do Facebook e do Instagram, induz jovens e adolescentes a um vício destrutivo. De acordo com os procuradores, a exposição excessiva a essas plataformas, ambas de Mark Zuckerberg, levou à tentativa de suicídios, distúrbios alimentares e insônia, entre outros problemas. As ações de 45 estados dos EUA e do Distrito de Columbia querem obrigar a Meta a reforçar a proteção de usuários adolescentes e crianças. Ao invés de proteger, a empresa é acusada de cooptar os jovens sem alertar esse público sobre os perigos das redes. As ações contra a big tech refletem preocupações crescentes de que adolescentes e crianças nas redes sociais possam receber propostas sexuais, ser assediados sexualmente, intimidados, constrangidos e induzidos por algoritmos ao uso compulsivo da internet. Na Flórida, os legisladores querem proibir crianças menores de 16 anos de terem contas em aplicativos como Twitter, TikTok e Snapchat, como medida para preservar  a saúde mental e a segurança online dos menores. A proposta levanta questões sobre o quanto os governos estaduais podem fazer para regular a vida digital das crianças. (Exame, The New York Times e NPR)

Noite de terror em Fortaleza: série de ataques deixa 10 mortos

Da noite de sexta-feira até a madrugada deste sábado (22), uma série de ataques violentos ocorreu em Fortaleza e região metropolitana e resultou na morte de 10 pessoas. A perícia forense demorou a atender cada caso devido ao alto número de homicídios na cidade no curto período de tempo. A Polícia Militar do Ceará (PMCE) acionou 437 agentes para reforçar o patrulhamento. As motivações dos crimes, que podem estar conectados, ainda está sendo investigada.

Animação Divertida Mente 2 chega aos cinemas com foco na ansiedade

Chegou aos cinemas brasileiros nesta semana a animação Divertida Mente 2, uma continuação do primeiro filme, lançado em 2015. Um dos lançamentos mais populares de Hollywood, a obra traz Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojinho como personagens que habitam a cabeça da menina Riley. Neste novo filme, Riley já completou 13 anos, com mudanças importantes no corpo e na mente. A turma encontra novas figuras como Vergonha, Inveja, Tédio e, principalmente, a Ansiedade, um ser de pele laranja, cabelo arrepiado e olhos arregalados. Produzido pela Pixar e dirigido por Kelsey Mann, o filme é também uma chave para compreender melhor como as emoções impactam – positiva ou negativamente – a vida dos adolescentes e das demais faixas etárias. A maior parte da história se passa num acampamento de hóquei, onde a personagem principal está prestes a fazer a transição para o ensino médio e espera entrar para a equipe esportiva. Um dia depois da estreia oficial, na quinta-feira (20), o novo filme vazou completo no X, antigo Twitter. Divertida Mente 2 está em exibição nos cinemas. O filme original está disponível no Disney+. (UOL, BBC e Omelete)

Economistas lançam livro sobre 30 anos do Plano Real

Os economistas Gustavo Franco, Pedro Malan e Edmar Bacha lançam o livro 30 anos do Real: crônicas no calor do momento, publicado pela editora Intrínseca. A obra reúne uma coletânea de artigos escritos nas datas de aniversário do Real. No pré-lançamento, com um debate na Casa das Garças, no Rio, os autores disseram que nunca houve tanto interesse no plano econômico como agora, em seu aniversário de 30 anos. Para Gustavo Franco, organizador do livro e ex-presidente do Banco Central, esse interesse provavelmente acontece pela atual “angústia” no cenário econômico. Segundo Pedro Malan, que estava desde o começo plano e que assumiu o Ministério da Fazenda nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso, a estabilidade dos preços é uma responsabilidade do governo. Edmar Bacha, que também esteve desde o início na equipe que elaborou e pôs em prática o plano e presidiu o BNDES, disse que o povo percebeu a sua capacidade de controlar os preços através do processo eleitoral. “O povo negou o terceiro mandato ao PSDB (quando a inflação chegou a 12%) e apoiou a saída da Dilma (inflação chegou a 10,67%), demonstrando que brincar com a inflação leva a perda de poder”. No contexto do debate, mediado por Rogério Furquim Werneck, os economistas elogiaram a autonomia do Banco Central.

Novos bombardeios deixam pelo menos 64 mortos em Gaza

Mais de 60 pessoas morreram em ataques de Israel a uma área próxima à sede do Crescente Vermelho na Faixa de Gaza, disse a ONG neste sábado (22). Os bombardeios atingiram o bairro de Tuffah e o campo de refugiados de Shati. Segundo o gabinete de imprensa do governo de Gaza, controlado pelo Hamas, o balanço de vítimas ainda é provisório. “Disparar tão perigosamente perto de estruturas humanitárias, cuja localização é de conhecimento das partes no conflito e que estão claramente marcadas com o emblema da Cruz Vermelha, coloca em perigo a vida dos civis e dos funcionários”, criticou a organização. A Defesa Civil Palestina em Gaza disse, em um comunicado no Telegram, que foram encontrados mortos e feridos ainda presos sob os escombros. Militares de Israel informaram que seus caças tinham como alvo a “infraestrutura militar do Hamas”. Grupos de direitos humanos argumentam que os critérios de Israel para autorizar ataques durante sua campanha têm sido muito permissivos no que diz respeito a vítimas civis. (Folha, g1 e The New York Times)

STF pode cassar mandatos de sete deputados federais

O Supremo Tribunal Federal formou maioria na sexta-feira (21) para anular o mandato de sete deputados federais eleitos em 2022 com base em regras para a distribuição das sobras eleitorais consideradas inconstitucionais. Correm o risco de perder os cargos: Sílvia Waiãpi (PL-AP), Sonize Barbosa (PL-AP), Professora Goreth (PDT-AP), Dr. Pupio (MDB-AP), Gilvan Máximo (Republicanos-DF), Lebrão (União-RO) e Lázaro Botelho (PP-TO). Votaram nesse sentido os ministros Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, Kássio Nunes Marques, Flávio Dino, Dias Toffoli e Cristiano Zanin. A ala considera que, ao manter os mandatos de parlamentares eleitos com base em uma regra considerada inconstitucional, o tribunal prejudicaria candidatos que deveriam estar no cargo. Embora a maioria tenha sido formada, o ministro André Mendonça pediu destaque, o que significa que a votação, iniciada na modalidade virtual, será transferida ao plenário físico do STF e precisará ser retomada do zero. (UOL)

Edição de Sábado: Em nome delas

Em 1993, recém-formada em Direito, filha do então secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo (e futuro presidente da República), Luciana Temer decidiu prestar concurso para delegada. Aprovada, tornou-se titular da delegacia de Defesa da Mulher de Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo. Embora já tivesse tido alguns momentos de brutal contato com a bestialidade do mundo, considerava-se fruto de uma bolha que flutua sem grandes percalços na elite econômica do país. Foi ali, nos cinco anos diante da “vida como ela é”, como define, que Luciana compreendeu a dimensão da violência contra mulheres, de todas as feições, classes e origens. Luciana passou anos na vida pública, sempre lidando com a extrema vulnerabilidade social. Foi secretária de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo na gestão de Geraldo Alckmin, no período em que a Febem se tornou Fundação Casa. Depois, foi secretária de Assistência Social de Fernando Haddad, na capital paulista, e ajudou a tocar o programa De Braços Abertos, na Cracolândia.