ByteDance tem 24 horas para explicar nova função do TikTok Lite na UE

A ByteDance recebeu um pedido de informação da União Europeia, como parte da Lei de Serviços Digitais (DSA), sobre o lançamento do TikTok Lite na França e na Espanha, que permite aos usuários maiores de 18 anos ganharem pontos por atividades no aplicativo, como curtir vídeos, que podem ser trocados por cartões-presente ou “moedas”. A Comissão Europeia quer avaliar quanto ao risco do novo programa da rede social “estimular o comportamento viciante” entre os usuários. O TikTok tem 24 horas para fornecer à UE a avaliação de risco do TikTok Lite e até 26 de abril para fornecer outros esclarecimentos solicitados. A companhia disse que já está em contato com a Comissão e irá responder aos pedidos do bloco. (TechCrunch)

Senado aprova isenção de Imposto de Renda até dois salários mínimos

O Senado aprovou, nesta quarta-feira, em votação simbólica, o projeto de lei que amplia a faixa de isenção do Imposto de Renda para dois salários mínimos. Como não houve alterações em relação ao que foi aprovado na Câmara, o texto segue para a sanção presidencial. O PL estipula que o teto da faixa de isenção seja de R$ 2.259,20 — em vigor desde fevereiro graças à Medida Provisória 1.206/2024. O governo, no entanto, dará um desconto simplificado de 25% em relação à próxima alíquota a ser paga na tabela do IR, o que representa R$ 564,80 a mais na faixa de isenção. Assim, fica isento de pagar IR quem ganha até R$ 2.824, equivalente a dois salários mínimos. A oposição criticou o PL argumentando que o presidente Lula prometeu, durante a campanha eleitoral, que a isenção valeria para quem ganha até R$ 5 mil. A promessa, porém, é de aplicar tal mudanças até o fim do mandato. (Poder360)

Ibovespa cai 0,17%, e dólar recua 0,50%

A Bolsa brasileira recuou pela sexta vez seguida, fechando nesta quarta-feira em queda de 0,17%, aos 123.171 pontos, uma perda de 217 pontos. Em Wall Street, o Dow Jones encerrou a sessão com desvalorização de 0,12%, S&P 500 caiu 0,58% e o Nasdaq perdeu 1,15%. O dólar comercial, por sua vez, respirou, com queda de 0,50%, a R$ 5,24, interrompendo cinco altas consecutivas. (InfoMoney)

Netflix divulga primeiro teaser da série ‘Cem Anos de Solidão’

A Netflix divulgou nesta quarta-feira o primeiro teaser de Cem Anos de Solidão, série adaptada do livro homônimo de Gabriel García Márquez, vencedor do Prêmio Nobel de literatura. A prévia foi liberada no dia em que se completam dez anos da morte do escritor e jornalista colombiano. Filmada totalmente em espanhol e na Colômbia, a série tem direção de Laura Mora Ortega e Alex García López e produção executiva dos filhos de García Márquez, Rodrigo García e Gonzalo García Barcha. A produção deve ser lançada este ano, mas a plataforma ainda não informou a data de estreia. (CNN Brasil e Omelete)

Em meio à tensão com o Congresso, Moraes se reúne com Lira

Em meio à crescente tensão entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso, o ministro da Corte Alexandre de Moraes, que também preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), reuniu-se nesta quarta-feira com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). O encontro ocorreu fora da agenda de ambos e, de acordo com interlocutores, a conversa foi “dura”. Nos bastidores do STF, ministros descartam a existência de uma crise entre os Poderes e atribuem os desgastes a processos normais do Judiciário e do Legislativo. Mais cedo, Moraes esteve no Senado, juntamente com o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Os encontros ocorreram um dia depois de os senadores aprovarem em dois turnos uma proposta para incluir na Constituição a criminalização da posse ou do porte de drogas, independentemente da quantidade. No Supremo, já há 5 votos a 3 para descriminalizar a posse e o porte de maconha. Os ministros têm sinalizado de forma reservada que o avanço da PEC não vai interferir na continuidade do julgamento e que o Senado está agindo de acordo com seu dever constitucional, apreciando o tema como qualquer outro. (Globo)

O MBL e seu espelho se encontram

Vamos ver esse vídeo, aqui. A íntegra tem 4 minutos e vinte, vamos só em alguns trechos. Não precisa de mais.

Studio Ghibli receberá a Palma de Ouro honorária do Festival de Cannes

O Studio Ghibli será homenageado com a Palma de Ouro honorária do Festival de Cannes pelo conjunto de sua obra e contribuição ao cinema. Essa será a primeira vez que o prêmio será entregue a uma instituição. O estúdio japonês ganhou atenção e respeito em todo o mundo com histórias criadas por Hayao Miyazaki e Isao Takahata com títulos como A Viagem de Chihiro, Princesa Mononoke e Memórias de Ontem. A produção mais recente, O Menino e a Garça, recebeu o Oscar de 2024 na categoria de melhor filme de animação. O Festival de Cannes acontece entre 14 e 25 de maio. (UOL)

Haddad afirma que mundo pode estar à beira de uma crise de dívida

O mundo pode estar à beira de uma crise de endividamento público, após a expansão fiscal “sem precedentes” para mitigar efeitos da pandemia de Covid-19, afirmou nesta quarta-feira o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. “Podemos estar à beira de uma nova crise de dívida, com vários países comprometendo partes muito significativas dos seus orçamentos com o serviço da dívida”, disse em evento da Aliança Global Contra a Fome e a Pobreza, em Washington. Ele destacou que o G20 está trabalhando para lidar com esse tema. Além disso, voltou a defender o fortalecimento de bancos multilaterais e a taxação de super-ricos para ampliar espaço fiscal nos países. (CNN Brasil)

‘Maior incerteza sobre âncora fiscal’ afeta política de juros, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira que a mudança na meta fiscal aumenta a incerteza e deixa mais custoso o trabalho de controle da inflação. “O problema é que, temos mencionado isso, a âncora fiscal (contas públicas) e monetária (objetivos de inflação) são muito relacionadas. Se você perde credibilidade ou se você está indo para um cenário de maior incerteza sobre o âncora fiscal, isso torna mais custoso o trabalho do outro lado”, afirmou. “Nós sempre defendemos que se deveria permanecer com a meta e fazer o que fosse necessário para atingi-la. Entendemos que houve uma necessidade de mudança.” (Globo)

Maior réptil marinho é encontrado a partir de descoberta amadora de fósseis

Cientistas descobriram uma criatura que provavelmente foi o maior réptil marinho a nadar nos mares, chegando a medir 25 metros de comprimento e vivido há cerca de 202 milhões de anos. Uma mandíbula fossilizada já havia sido encontrada em 2016 por um caçador de fósseis amador em uma praia de Somerset, em uma região próxima de Bristol, no Reino Unido, tendo encontrado uma segunda mandíbula muito parecida em 2020. Em um estudo publicado nesta quarta-feira, especialistas dizem que as peças são de dois répteis ictiossauros gigantes que poderiam ter 25 metros, maior que um enorme pliossauro encontrado incrustado nas falésias de Dorset. (BBC)